Fairy Tales: Cinderela

By Jessica Bottari - quarta-feira, abril 08, 2015


Você já se perguntou de onde vem essas histórias das princesas da Disney? Da onde que surgiu? Não? Pois bem, eu também nunca havia me perguntado... até hoje!

Você já ouviu falar dos irmãos Grimm? Eles são os "autores" de várias dessa histórias. Eles eram grandes estudiosos e resolveram escrever todas as histórias que ouviam de amigos, parentes ou até mesmo das pessoas que viam na rua, e assim formaram uma grande biblioteca de contos do local que acabaram ficando famosos no mundo todo.

Agora se você está se perguntando por quê eu estar falando tudo isso, eu explico. Eu vou começar uma série de posts aqui no blog falando sobre exatamente isso: as histórias da Disney e as originais. Já vou avisando que algumas histórias não se sabe qual é a original e outras podem não ser dos irmãos Grimm, mas eu vou falar um pouco do autor que eu usei como "original", okay?

Para a primeira história, eu vou falar sobre a Cinderela que é uma princesa que está sendo bem falada ultimamente por causa do filme live-action.


A história contada pela Disney é a mais conhecida. Nela, Cinderela era muito maltratada por sua madrastas e suas filhas. Elas a obrigavam a cozinhar, limpar, lavar, enfim, a tratavam como empregada.


Em um certo dia, o príncipe anuncia um baile para encontrar sua futura esposa e convida todas as jovens do reino. Mesmo tendo sido convidada, Cinderela é proibida de ir pela madrasta e as irmãs que rasgam todo o vestido que ela teve um grande trabalho para fazer. Depois de tanto chorar, uma fada aparece e arruma um lindo vestido, carruagem e sapatinhos de cristal para que ela possa ir ao baile, porém à meia-noite "tudo voltará a ser como era antes".


Ao som do relógio batendo meia-noite, Cinderela sai correndo para casa e no caminho deixa cair um dos seus sapatinhos de cristal. O príncipe mandou procurar pela moça que conseguisse calçar tal sapatinho. A madrasta e as irmãs tentam impedir que a Cinderela calce a prendendo em um dos quartos, mas ela consegue escapar e vive feliz para sempre após ter calçado o sapato.


Já na história "original" nós temos algumas mudanças que deixaram a história um pouco mais trágica! Cinderela é um conto que tem mais de 300 versões e não se sabem ao certo qual é a original, mas como muitos dos contos foram baseados na história dos irmãos Grimm, eu peguei a versão deles.

Para começar não existia nenhuma fada madrinha. Quem realizava seus desejos era uma pomba branca que habitava uma das oliveiras próximo ao túmulo da mãe dela. As irmãs de Cinderela cortaram os dedos e os calcanhares para que seu pé pudesse entrar no sapatinho de cristal, mas o príncipe foi avisado do sangue no sapatinho e não aceitou nenhuma delas como esposa. E por último, após tentar enganar o príncipe, dois pássaros entram e bicam os olhos das duas irmãs deixando-as cegas!

Nota-se o por quê da Disney ter mudado a história. Imagina se os pais contassem isso para as crianças. Elas iam ficar traumatizadas!

Bom, me desculpem se essa matéria ficou muito grande. Vou tentar diminuir no próximo conto. A propósito, qual vocês querem ouvir semana que vem? Deixem aqui nos comentários ;)

  • Share:

Você também poderá gostar

2 comentários

  1. Oi Jess!
    Primeiro eu queria te agradecer por me avisar dos erros no post dos "Livros que eu uero Reler", isso mostra o quanto, mesmo, eu preciso ler Percy Jackson novamente. Muito obrigada :3
    Eu adoro esses contos de fadas reais, os originais e conheço vários, só não sabia que nesse da Cinderela tinha uma pomba branca, haha. São todos muito, ham, drásticos. Magina cortar o pé? Não se já assistiu, mas esse novo filme da Disney, Caminhos da Floresta, assim como a trilogia Veneno, da Sarah Pinborough, mostram esse lado mais obscuro, das tão adoradas historinhas infantis.
    Beijos,

    http://lucyintheskywithbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por nada Rê. Eu também preciso reler Percy Jackson porque eu também não lembro o livro que o Bob aparece :/
      Ainda não assisti não, nem conhecia essa trilogia. Obrigada por indicar ;)

      Excluir