Resenha: O Oráculo Oculto

By Jessica Bottari - sexta-feira, julho 07, 2017



Autor(a): Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 313
Ano: 2016
Classificação: ✰✰✰✰✰

Ao contrário dos outros livros do Rick Riordan, este não é protagonizado por um semideus, mas sim, por um deus em forma humana.

Apolo foi castigado por seu pai, Zeus, por causa das ações de um dos seus filhos na série "Os Heróis do Olimpo". Para recuperar seus poderes, ele precisa cumprir as ordens de uma semideusa chamada Meg McCaffrey e provar que é digno; mas, é claro que isso não será fácil porque quando ele chega ao Acampamento Meio-Sangue, o lugar está quase vazio. Agora, sem poder mandar os outros fazerem o trabalho sujo por ele, Apolo precisa completar sua primeira provação: descobrir a razão do Oráculo não estar funcionando e onde estão os semideus que estão desaparecendo misteriosamente.

Esse é, sem dúvidas, o meu livro favorito do tio Rick. Apolo - que apareceu bem pouco nos livros anteriores - provou que merece o prêmio de melhor deus do ano.  Ele é muito engraçado, dramático e egocêntrico e essas características tornam a história divertida de uma forma que nenhum dos outros livros foi (nem mesmo Magnus Chase). São reclamações sobre o corpo que foi designado à ele, a falta de poderes, o quanto o pai foi injusto entre outras coisas que tornam o livro engraçado de uma maneira que os outros não foram. Todo mundo tem problemas enormes, mas as únicas coisas que Apolo se preocupa é com futilidades.

Nesse livro, também podemos ver a relação de um deus com seus filhos, coisa que nenhum outro livro mostrou. A relação de Apolo com os filhos - que agora têm a mesma idade que ele - é linda. Os deuses estão sempre no Olimpo e nunca dão atenção aos filhos e nessa história podemos ver um pouco pelo outro lado. É claro que a humanidade o deixou mais sensível quanto isso, mas fica o mistério para saber se quando ele voltar a ser deus, lembrará de tudo o que os filhos fizeram por ele.

Apesar de o foco estar em outros semideuses, como em Nico di Angelo e os filhos de Apolo, podemos ver alguns antigos de volta, como Percy Jackson e Leo Valdez, e descobrir o que aconteceu com os outros. Annabeth não aparece porque ela está fazendo participações especiais em Magnus Chase, mas ter a presença do Leo depois do final de Heróis do Olimpo preenche o vazio que ela deixou.

E falando em Nico, o que foi esse relacionamento com o Will Solace? Eles conseguiram roubar a cena com pouquissímos momentos juntos, mas que mostravam tanto amor que eu quase me afogava na fofura deles. Espero poder ver mais deles no próximo livro.

O segundo livro já foi lançado no Brasil. Em breve farei resenha dele também. 

Se interessaram pelo livro? Gostam de mitologia grega? Conhecem outros que falem sobre? Me contem nos comentários ;)

  • Share:

Você também poderá gostar

10 comentários

  1. Parece ser incrível e gosto muito de mitologia grega, fiquei bem curiosa para ler esse, ainda não conhecia.
    Sua resenha está ótima!
    Beijos,
    http://www.nomundodaluablog.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, muito obrigada. Mitologia grega é incrível - ainda mais da forma que o Rick Riordan aborda. Espero que goste do livro =^.^=

      Excluir
  2. Oi, tudo bem? Quando estava no colégio era apaixonada por cultura grega, amava saber o nome dos deuses, as formas, o que cada um significava. Conforme fui crescendo essa curiosidade ficou de lado =/ Mas sempre que leio gosto e volto no tempo. Conheci os livros desse autor quando fui no evento da Intrínseca mas ainda não li nenhum. Gostei do enredo e da sua resenha. Essa relação de família ser mencionada no livro é incrível. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros do Rick Riordan são incríveis porque além da aventura, ele passa diversos conhecimentos sobre as mitologias. Além da grega ele fala da nórdica e da romana também. Mas, não deixe essa curiosidade de lado que é muito legal u.u

      Excluir
  3. Oi! Nossa, são tantos livros do Rick Riordan que eu confesso que fico completamente perdida. Eu nunca li nenhum (se esconde), mas acho um infantojuvenil bem interessante! Adoro mitologia, deuses, semideuses e afins, então imagino que seja uma leitura bem legal. Mas é desanimador pensar na quantidade de livros KKKKKK. Um dia quem sabe!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim. São muitos livros, mas quando você começa a ler você agradece que tem vários livros. Espero que leia hahahaha

      Excluir
  4. Eu adoro os livros do Rick Riordan, mas até hoje não consegui ler Heróis do Olimpo - estou bem atrasada! Aprendi a gostar de mitologia com Percy Jackson e até hoje sou muito apaixonada. Ótima resenha!
    Literalize-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <3
      Heróis do Olimpo tem uns livros meio chatinhos, mas com personagens ótimos. Espero que goste. Tem resenhas aqui se quiser ;)

      Excluir
  5. Oi Jessica! Acredita que eu não li nadinha de nada do tio Rick ainda!?!? Shame on me! eheheh
    Tenho o box da primeira coleção toda aguardando leitura na minha estante, tá faltando só o danado do tempo para colocar tanto livro em dia! kkkk
    Tenho uma pequena noção de quem são algunas personagens que você citou na resenha por causa dos filmes (que não sei se fazem jus aos livros, porque não li, como já mencionei... rs), mas gosto muito do tema de mitologia e tudo o mais, e achei que essas 'continuações' e expansões do universo que ele começou com Percy Jackson devem ser super legais! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, um box lindinho na estante hahahaha
      Olha, o livro é muito melhor. Tanto o desenvolvimento da história quando a personlidade do personagens. Mas, as expansões são incríveis porque conseguimos nos aprofundar mais nesse mundo.

      Beijos :*

      Excluir