Postagens populares

Como foi a Bienal do Livro 2017?

13/09/2017

Mais um ano de Bienal do Livro aqui no Rio de Janeiro se foi. Agora, é esperar até 2019 ou juntar dinheiro para ir na de São Paulo - que para mim só vale a pena se for para ver algum autor. Já havia dado algumas dicas para aproveitar o evento aqui no blog e espero que elas tenham ajudado você porque elas me salvaram.

Com isso, vou contar para vocês como foram meus únicos dois dias de Bienal.


Primeiro dia - 02 de Setembro - Sábado

A escolha desse dia foi graças a presença da Jenny Han - autora de "Para todos os garotos que já amei". Seriam dois eventos com ela: o bate-papo e a sessão de autógrafos. A distribuição de senha começaria às 10:30h e o evento abria meia hora antes. Precisava correr. Acordei cedo e cheguei no local às 9h. A fila já estava enorme. Tinha pessoas que estavam lá desde às 7h. "Não vou conseguir", pensei. O pânico bateu e ainda faltavam uma hora e meia para eu saber se todo o esforço e planejamento teria sido em vão. Como já havia baixado o mapa do evento, fiquei todo esse tempo o memorizando para assim que eu conseguisse passar pela entrada, corresse o máximo possível para chegar na distribuição de senhas, que era em um pavilhão diferente do que entrei.

Para quem nunca foi, a Bienal do Rio ocupa 3 pavilhões no Riocentro. São eles: laranja, azul e verde. Cada um possui um "tema" e você encontrará lojas e editoras de acordo com essa divisão. O local é enorme e é muito fácil de se perder. 

Depois de correr tanto e ficar super cansada nos primeiro minutos do evento, consegui pegar a fila com um tamanho razoável, mas a dúvida permanecia. Eram 400 senhas para o bate-papo e 300 para a sessão de autógrafos, mas como só li o primeiro livro e não queria spoilers, queria apenas o autógrafo e a minha foto com a autora. E consegui!


Com a foto e meus livros autografados, começou a minha caça por livros baratos para comprar e lugares para tirar foto. Eu adoro a Bienal, mas como eu disse no outro post sobre o evento, é preciso pesquisar muito porque não são todos os livros que estão com desconto. Fui com uma lista, mas só consegui comprar dois dela. Muitos estavam com pouco desconto e não valiam tanto a pena assim. Quando eu vou na Bienal, procuro livros o mais próximo de 20 reais e a maior parte estava por volta dos 30. 

Por isso, voltei com a seguinte lista para a casa:
  • O Jantar - Intrínseca
  • Quem é você Alasca? - Intrínseca
  • P.S.: Ainda Amo Você - Intrínseca
  • O Orfanato da Srta. Peregrine - Leya
Também aproveitei para tirar muita foto porque os stands estavam maravilhosos. Existiam filas nos locais, mas nada em que se perdesse horas, como aconteceu com o trono de ferro de Game of Thrones em 2015.


Segundo dia - 06 de Setembro - Quarta-Feira

O segundo dia foi bem mais tranquilo que o primeiro. Não precisei me preocupar com horário e nem correr para ver algum autor. Fomos lá para aproveitar apenas a venda de livros. Andei tudo com mais calma e consegui ver mais promoções e stands que não deu para visitar. Por isso, saí com mais algumas compras e mais fotos.

Cheguei depois do horário de abertura do evento e ainda tinha um pouco de fila, mas não ficamos esperando por muito tempo. Porém, a fila de compra de ingressos estava um pouco grande. Minha mãe e meu irmão não compraram ingressos antecipados e perdemos alguns minutos esperando eles.

O local estava mais vazio que no sábado e foi muito melhor para andar e ver as estantes. A maior parte dos visitantes era de escola, mas eles não lotaram o local. As filas de compras e de fotos estavam bem menores, e entrar nos stands estava mais suportável. 

Visitei novas editoras, mas voltei a entrar nas que já havia entrado no sábado. Só vi dois preços que mudaram entre esses dois dias. Um estava mais caro e o outro mais barato.

Voltei para a casa, com os seguintes títulos:
  • Não pare! - Valentina
  • Obsidiana - Valentina
  • Treine seu inglês - Saravia
  • Animais Fantásticos e Onde Habitam - Livro de Colorir - HarperCollins

Como sempre, a Bienal foi um evento incrível! Conheci novos títulos e comprei alguns livros que não pretendia. Infelizmente, não consegui ir em nenhuma das palestras ou bate-papos que tiveram. Espero conseguir ir no próximo pois os temas eram bem legais.

No Instagram do blog, postei fotos das compras de alguns leitores no stories. Ainda dá tempo de participar!

Como foi a sua Bienal? Me conte nos comentários que vou adorar saber ;)

4 comentários

  1. Menina, quanta coisa legal tu conseguiu na Bienal! Apaixonei pelos teus livros e fotos. E meus parabéns por ter conseguido o autógrafo. Eu tava doida pra conseguir o da Paula Hawkins, que estava lá também no sábado, mas acabei desistindo pela fila... =/
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada *-* Estou louca para começar a lê-los.

      Uma menina que eu conheci na fila da Jenny Han conseguiu pegar o autógrafo da Paula Hawkins. Mas, como eu nunca li nada dela, preferi aproveitar o evento mesmo. Você tem razão, as filas são desanimadoras hahaha

      Beijos :*

      Excluir
  2. Que legal vc ter conseguido pegar uma senha a tempo, deve ter sido um alívio depois que você viu a autora e conseguiu uma fotinha, haha. Os stands pareciam mesmo lindos.
    Infelizmente eu moro em Curitiba e aqui não tem nada parecido com a Bienal :(
    Gostei do post e de saber mais sobre o evento.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O alívio bateu assim que eu consegui a senha. Pareceu que mundo ficou mais leve novamente hahahahaha

      Os stands estavam maravilhosos. Queria ter tirado mais foto, mas alguns estavam com tanta gente que ficou impossível. Uma pena não ter nada parecido em Curitiba. Espero que ou o evento aí, ou que você consiga vir aqui. É uma experiência literária incrível!

      Beijos :*

      Excluir

 
Layout desenvolvido por Michelly Melo e modificado por Jessica Bottari. Todos os textos são autorais, com exceção dos identificados.